top of page
  • Foto do escritorLaercio Junior

O que 2024 reserva, sob o olhar da das grandes e médias empresas



Foi lançado nessa última semana de novembro de 2023 uma pesquisa super bacana da Humanizadas e da Amcham, em que foram relevadas as principais perspectivas do mercado para o ano de 2024. Recomendo acessarem e estudarem esse material completo!

A pesquisa foi respondida por mais de 690 empresas responsáveis por cerca de R$ 755bn de faturamento anual, em sua maioria (68%) de médio e grande porte sendo representadas, majoritariamente, pela alta liderança (53%).

 

Um melhor clima à vista... será?

Após anos de crise, a indústria se mostra mais otimista. 56% dos empresários indicam uma projeção de crescimento superior a 10% para 2024, sendo que outros 27% projetam crescimento entre 6 e 10%.

Como principais alavancas de crescimento, a pesquisa aponta alguns fatores externos e outros internos às empresas.

Externamente, expectativa é que um cenário menos instável (estabilidade política e democrática reduções sobre as incertezas do cenário global) aliado aos avanços tecnológicos sejam as principais alavancas.

Já do ponto de vista interno das empresas, mais relevantes são a fidelização de clientes, formação de equipes de alta performance e eficiência produtiva.

 

Falou de inovação, falou de IA. Sem esquecer das sustentabilidade

Para surpresa de zero pessoas, empresários apontam a Inteligência Artificial como principal tendência de maior disrupção no futuro. E 68% dos respondentes afirmam utilizar IA atualmente, focando principalmente em automatização de processos repetidos, eficiência operacional e análise de dados. Mas a curva de aprendizado ainda está em desenvolvimento, uma vez que as empresas reconhecem ainda terem média capacidade de execução dessa força.

A boa surpresa é que o tema ESG/Sustentabilidade aparece em 2o lugar dentre as principais tendências de maior disrupção sendo que as empresas reconhecem-se aptas a executar esse tema. Que essa percepção e capacidade tornem-se cada vez mais realidade e não mais um monte de green washing.

 

Prontas para inovar?

Alguns indicadores levantados mostram que há espaço de melhoria no ambiente de inovação dentro das empresas:

  • 22% das empresas se consideram preparadas para enfrentar as transformações do mercado

  • 31% afirmam ter uma equipe de gestão atualizada e capaz de aplicar as práticas inovadoras

  • 38% revelam possuir cultura de inovação consolidada, sendo que apenas 12% o dizem ter totalmente consolidada

Além disso, a pesquisa mostra um Índice de Prontidão para Inovação das empresas e traz um resultado que aponta um estágio intermediário para as empresas brasileiras em inovarem.


 

E as formas de inovar e crescer?

35% das empresas lançaram 5 ou mais produtos nos últimos 2 anos, sendo que 24% das empresas apontam que esses lançamentos já representam mais de 20% do faturamento total, ou seja, sinal de sucesso!

O processo de lançamento, para 64% das empresas, leva cerca de 1 ano!

Já 73% das empresas buscam expandir seus negócios adquirindo ou criando ou criando novos negócios. 74% buscam investir em tecnologias para a transformação digital.

Mas quando se fala de um orçamento de inovação, apenas 9% reconhece ter um orçamento expressivo. 60% tem orçamento limitado e pontual - sinal dos tempos de crise em que sobreviver tem tomado boa parte do orçamento.


E na sua empresa, quais as perspectivas para 2024?



9 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page